jornaldopescador@gmail.com | Cood: Pedro S. Santos(67)99832-4801 | 99224-4229
Como Evitar a Cabeleira
27/03/2010

 

        Elas tem capacidade de tracionar as linhas, proporcionando arremessos precisos e maior controle das iscas, desempenhando-se melhor lançamento de iscas leves. Quanto mais rolamentos elas possuírem, melhores serão os arremessos, ao retirar o dedo do botão de liberação, o carretel volte à posição fechada sem precisar girar a manivela. Você precisa regular a saída da linha (freio) antes de arremessar. Esse procedimento é solicitado à cada diferente peso de isca, sejam elas naturais ou artificiais, agindo da seguinte forma:  monte a vara com a carretilha e linha específicas, feche o freio totalmente e destrave o botão que libera o carretel; abra lentamente o freio, faça isto até a isca começar a descer lentamente. Se o freio estiver com muito peso, a isca não atingirá grande distância, já com ele aberto demais, você corre o risco de cabeleiras na linha ( quando se lança e a isca perde a velocidade, o carretel continua girando, isso forma um bolo de linha na carretilha), preste atenção! Elas levam vantagem sobre os molinetes por não torcerem as linhas. A linha entra no sentido tranversal nos carretéis. Possuem maior força de tração; não sofrem tanto atrito da linha nos passadores.
Como utilizar: Destrave o botão que libera o carretel e prenda a linha com o dedão, liberando na hora do arremesso. Conforme a isca for perdendo a velocidade e caindo na água, prenda a linha novamente com o dedo. Para o recolhimento, gire a manivela que o carretel trava, enrolando a linha.
Existem controles de freio desenvolvidos para diminuir o risco de cabeleiras. O freio magnético tem um conjunto de imãs, que agem mais ou menos no carretel, dependendo da regulagem. Possui um botão lateral numerado de zero a dez agindo da seguinte forma: quanto mais próximo de dez, mais os imãs atuam no carretel, quanto mais próximo a zero, mais livre está o sistema. Antes de proceder essa regulagem do magnético, o principal precisa estar em ordem. Depois de se tentar em alguns pontos, percebe-se que os ideais para se evitar cabeleiras ficam entre as posições 5 e 8, podendo variar de acordo com cada pescador. Os freios funcionam da mesma forma. São de maior precisão, difícil acesso, pois ficam dentro das carretilhas.
DICA DO VÉI-DI-RIO: um bom local para treinos de arremesso são os Pesque Pague de nossa região.

voltar