jornaldopescador@gmail.com | Cood: Pedro S. Santos(67)99832-4801 | 99224-4229
Teresina recebe 1º Simpósio Guabi de Aquacultura
26/11/2011

Alimentação adequada é grande segredo da produção de peixes

O Grupo Guabi realiza, no dia 04 de novembro, o 1º Simpósio Guabi de Aquacultura (SIGA) na cidade de Teresina (PI). O evento é destinado para os profissionais do setor e interessados no assunto. Durante o simpósio, serão apresentados os mais recentes avanços em Nutrição e Manejo de Peixes Redondos, além de técnicas de alevinagem e comercialização de peixes. Os interessados devem se inscrever pelo telefone (86) 9453-8269. As vagas são limitadas e a entrada será gratuita.A piscicultura é uma prática muito utilizada, mas passa por uma série de processos e inclusão de novas tecnologias, para que torne mais rentável aos piscicultores. A qualidade dos peixes depende de diversos fatores: bom manejo alimentar, sanitário, entre outros. Peixes, nutridos de maneira adequada, tem melhor potencial de crescimento, suportam melhor o estresse proveniente do manuseio e do transporte, são mais tolerantes às doenças e apresentam maior desempenho reprodutivo.Segundo o gerente de produtos para aquacultura da Guabi, João Manoel Cordeiro Alves, garantir uma alimentação adequada e de qualidade é fundamental para obter os resultados satisfatórios. “A alimentação corresponde de 45% a 70% dos custos da produção e não permite erros, para que o resultado não seja comprometido”, afirma.De acordo com as últimas pesquisas do MAPA, realizadas em 2009, a região que mais produziu foi o Nordeste, com 130.502 toneladas, seguida do Sul com 129.494, o Centro Oeste e Sudeste, com 60.004 toneladas e 59.619 toneladas, respectivamente. A região Norte tem o maior consumo per capta, mas é a que menos produz (36.028 toneladas).No Piauí, a média de consumo por habitante é de aproximadamente 4 kg / habitante / ano. O Piauí, apesar do potencial hídrico existente, possui uma pequena produção de peixe o que contribui para o baixo consumo de pescado na região. As barragens de Bocaina, Pedra redonda, Mesa de pedra e Barragem do bezerro são destacadas como fortes potenciais para o desenvolvimento da piscicultura no Estado.De acordo com o Sebrae do Piauí, 90% dos peixes produzidos em cativeiro no Piauí são da espécie tambaqui, mas no Estado também são produzidas tilápias e, em menor escala, o pirarucu. Estas espécies são as mais produzidas porque tem boa aceitação no mercado. Em dez anos, o consumo de peixe aumentou 49% em relação a outros tipos de carne. 

Confira a programação:

8h – 8h30 - Inscrições e café da manhã.8h30 - 9h - Abertura - Nelson Hosne Pedace - gerente de vendas da Guabi9h – 10h15 - Nutrição de Peixes - João Manoel Cordeiro Alves, gerente de produtos para aquacultura da Guabi10h15 – 10h45 - Coffee break10h45 – 12h - Manejo de peixes redondos - Humberto Ganéo Tessari - zootecnista - Palmas/TO12h00 – 14h - Almoço14h – 15h - Intensificando os cultivos e preservando a qualidade da água com probióticos - Marcos H. S. Santos - INVE do Brasil15h – 16h - O que fazer para ter peixes o ano inteiro? - Davi A. Dias - supervisor técnico de Aquacultura da Guabi16h – 16h - Coffee break16h30 – 17h30  - Rações específicas para peixes redondos - João Manoel Cordeiro Alves, gerente de produtos para aquacultura da Guabi17h30 – 17h45 - Encerramento - Nelson Hosne Pedace - gerente de vendas da Guabi Serviço: Evento: 1º Simpósio Guabi de Aquacultura Data: 04 de novembro de 2011Local: Buffet SplendoreEndereço: Rua Cinegrafista Marques , 686, Fátima – Teresina (PI)Horário: 08h as 18h Entrada: Gratuita

voltar